Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

omundodaervilha

omundodaervilha

07
Mai19

Pela manhã

Ervilha

IMG_20181006_104142545.jpg

 

Volto a terra,

não nasci aqui, nem cá fui criada.

Meia adolescencia, meia vida adulta e as raizes ficaram.

Se gosto de cá voltar, gosto!

porque volto sempe como turista.

Volto de coração leve e com olhos de curiosodade, não deixo que saudades me amassem a alma.

Não sinto falta da terra que me viu nascer, não sinto nenhum fascínio pela Lisboa que me viu dar os primeiros passos entre a adolescência perdida e a vida adulta feita.

Aqui nesta terra, vila, cidade pequena ou aldeia grande como lhe chamo, apenas a lagoa que toca no mar me fascina, me deixa o arrepio na espinha quando a abraço com os olhos.

Está senhora da foto, simples e de uma humildade enorme rasgou nos a manhã com um bom dia gigante e radioso, que encheu de energia o nosso dia, o meu  moço que é da terra caiu logo nas graças da senhora e partilharam experiências de pesca e apanha do berbigão enquanto eu mereci um " a menina vê-se que não é daqui".

E não sou, como também não sou de tantos outros lugares por onde passei. Podia-me sentir perdida, desamparada, mas não.

Sinto-me como se tivesse pertencido a cada lugar, durante o tempo que lá passei, nunca me agarrei as pessoas, tenho a ideia que sempre fui passageira, que ando em viagem.

E é assim que sou feliz!

Não tenho um lugar, tenho lugares.

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub